Artigos Técnicos


GEM – Gestão de Excelência na Manutenção - Uma experiência de aplicação prática na Indústria Química


A área de Manutenção vem cada vez mais se firmando como um setor estratégico dentro das organizações

A área de Manutenção vem cada vez mais se firmando como um setor estratégico dentro das organizações no sentido de garantir que os ativos possam desempenhar suas funções com eficácia, dentro da produtividade prevista, contribuindo para o atingimento dos objetivos projetados pelos diversos departamentos que compõe a empresa.

Portanto, isto faz da área de Manutenção ter um comprometimento direto nas ações e resultados da empresa.

Quando nos envolvemos com os ativos relacionados aos processos produtivos, estamos a todo o momento necessitando utilizá-los da melhor maneira possível, tendo nos indicadores já mencionados, um sinal de qual caminho estamos percorrendo para que possamos nos alimentar de informações, com o objetivo de buscarmos práticas cada vez mais atualizadas no sentido de obtermos resultados cada vez melhores.

Temos nos deparado com muitas discussões sobre o modelo de gestão da manutenção aplicado nas empresas. Existem diversas formas de acompanharmos todos os trabalhos realizados em um departamento no seu dia-a-dia, e em virtude disto temos verificado que um sistema integrado pode contribuir muito para o bom andamento do fluxo de informação relacionando todas as atividades que envolvem os processos de manutenção.

Desta maneira, foi desenvolvido uma ferramenta de implementação, controle, acompanhamento e gestão composto por 15 pilares, suportado por um pilar principal denominado “Plano Diretor da Manutenção”.

Os 15 pilares que compõe o conteúdo técnico desta implementação são: “Confiabilidade”, “Fluxos dos Processos da Manutenção”, “A Função Planejamento”, “Indicadores de Desempenho”, “Planos de Manutenção Preventivos”, “Estratégia da Manutenção pela Criticidade dos Ativos”, “Softwares de Manutenção”, “Análise de Falhas – Top 20”, “Produtividade Pessoal”, “Documentação e Procedimentos”, “Gestão de Materiais”, “Contratação de Serviços”, “TPM – 5´S”, “Processo de Melhoria Contínua”, “Capacitação Técnica”.



Veja Outros Artigos


Governança na Manutenção
O EAM
5´S - Base para a Manutenção Produtiva
Análise de Falha – Causa ou Efeito?
O Ciclo de Vida de um Contrato de Manutenção
GEM – Gestão de Excelência na Manutenção - Uma experiência de aplicação prática na Indústria Química
Utilização dos Indicadores de Desempenho para a Gestão Eficaz das Práticas de Manutenção
Curso de Planejamento / Programação da Manutenção – O Grande Desafio
Grupo Benchmarking Manutenção





+55 (11) 955 008 020 / +55 (11) 984 114 444
jwb@jwb.com.br




web by SiteCommerce.net